"Resolvi ser missionário"

 

88

 Um dia, apresentou-se a Spurgeon um maquinista de trem com o seguinte plano: – Senhor
Spurgeon, resolvi ser missionário. – Qual é, porém, seu emprego, irmão? indagou Spurgeon, interessado.
    – Sou maquinista de trem. – E seu ajudante de bordo já é cristão? – Não, senhor. Trata-se de um bom homem, mas ainda não é um cristão. – Pois aí está, meu irmão, seu campo missionário! concluiu Spurgeon, com simplicidade.
     De fato, o evangelho, antes de ser um assunto relativo à obra, é algo ligado à vida. Onde estivermos, aí estará nosso campo de evangelização;nossa vida deve ser uma vida pelo evangelho. Primeiro, é necessário que sejamos fiéis no pouco que Deus nos encomenda, para serem-nos encomendadas incumbências maiores. Sejamos aprovados no pouco, devotemos nossa vida pelas pessoas com as quais mantemos contato no cotidiano, oremos diariamente por elas,jejuemos a seu favor. caiamos dejoelhos em intercessão diante do trono da graça, choremos por sua sorte, deixemos o sono por sua causa, rasguemos por elas nosso coração e anunciemos-Ihes o evangelho: eis o que Deus se agrada que cumpramos fielmente no presente momento.

Jornal Árvore da Vida