Tudo que sou é Teu.

104

Todo homem vive por um ideal.
Muitas vezes, fútil, vão e irreal;
Que razão eu tenho para aqui viver?
A que devo dar a vida e todo o meu ser?
Quão grande é o amor de Deus!
Seu Filho amado concedeu;
O amor de Cristo, que por mim na cruz morreu,
Me constrange a dar-Lhe a vida e tudo meu.

Anúncios

Seu comentário é muito bem-vindo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s